Entre 19 e 23 de novembro a Secretaria de Cultura de Porto Ferreira promoveu diversos eventos dentro da Semana da Consciência Negra, que em 2018 teve sua programação ampliada.
Ao todo, pouco mais de 1,5 mil pessoas no total participaram das atividades. A Semana também homenageou o mestre Moa de Katendê, que foi assassinado no último dia 7 de outubro. Ele era compositor, percussionista, artesão, educador e considerado um dos maiores mestres de capoeira de Angola da Bahia.

“Realizamos quatro palestras no período noturno e atendemos todas as escolas estaduais e municipais com nossas ações, como oficinas, cine-debates e rodas de conversa. Além das questões de racismo, trouxemos grupos e músicos para exaltar a cultura afro de nossa cidade, com grupos de street dance, rap, bateria de bloco, e grupos de maracatu”, destacou o secretário de Cultura, Régis Radael Berretta.
Fonte: Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos - Prefeitura de Porto Ferreira

0
0
0
s2sdefault

Jornal do Porto TV