Na noite de segunda-feira (30) a Câmara Municipal realizou uma sessão solene para entregar o título de Bombeiro do Ano, as Medalhas do Mérito 29 de julho e os títulos de Cidadão Ferreirense. As honrarias concedidas têm homenageiam e reconhecem o esforço e contribuição dados em prol do desenvolvimento do município de Porto Ferreira.
A cerimônia contou com a presença dos vereadores e do prefeito Rômulo Rippa, entre outras autoridades, além de muitos convidados.
Veja abaixo os agraciados com uma pequena biografia de cada um.

Cidadão Ferreirense – Paulo Sérgio Fávaro
Paulo Fávaro tem 58 anos e nasceu em São Paulo. Casado com Gisele Juan Martin Favaro, é pai de dois filhos: Rafael Luiz Fávaro e Gabriela Maria Fávaro. Trabalhou no Banco Itaú (1978 a 1980), na Ótica Porto Ferreira (1980 a 1984), na Cia. Vidraria Santa Marina (1985 a 1987), na MarGirius (1987 a 1990) e na Ótica Central (1990 a 1998). É óptico e proprietário da Paulo Óptica desde 1998.
Sempre gostou de futebol e começou a apitar jogos na cidade e, como em todas as áreas da sua vida, foi em busca de mais conhecimento fazendo o Curso de Árbitros da Federação Paulista de Futebol, entrando no quadro de árbitros da entidade onde atuou por 10 anos. Por conta desta atividade, foi comentarista esportivo na Rádio Primavera durante muitos anos e também foi comentarista de arbitragem convidado para as transmissões esportivas da Rede Vida de Televisão.
Em Porto Ferreira faz parte da Maçonaria desde 2002, onde chegou ao Grau 33, além de Presidente da Loja por dois mandatos e também Coordenador Regional do Grão Mestrado de 2011 a 2017, está na Loja Vale da Luz. Participou da Diretoria da Associação Comercial de Porto Ferreira por vários anos, sendo inclusive o Vice-Presidente em duas gestões e Secretário em mais duas gestões; fez parte do Rotary Club de Porto Ferreira entre 2009 e 2017 ocupando vários cargos, sendo que é Companheiro Paul Harris desde 2010. É conselheiro suplente no Conselho Deliberativo da Creche Roberto Henrique João.
Faz parte da Irmandade de Misericórdia de Porto Ferreira: Hospital Dona Balbina desde 2006 e a partir de 2008 faz parte da Mesa Administrativa, sendo eleito Provedor em 2011 e exerce esta função até os dias atuais.

Cidadão Ferreirense – Rodrigo Sanderson
Nascido em Lagoa Vermelha (RS), Rodrigo Sanderson foi criado em Passo Fundo (RS) desde o seu primeiro ano de vida. Filho de mãe contadora, estudou em escola pública durante toda sua formação. Aos 19 anos entrou na Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pelotas (RS), onde se formou no ano de 2000.
Casado há 19 anos com a médica Dra. Letícia Godoy Dias Sanderson, constituiu família com dois filhos - Lucas Godoy Dias Sanderson, 17 anos, e Laura Godoy Dias Sanderson, 11 anos, esta natural de Porto Ferreira. Em 2003 o casal veio para o Estado de São Paulo para a formação complementar da Dra. Leticia que cursou residência médica em Anestesiologia na Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Preto.
Neste mesmo ano, em abril, o Dr. Rodrigo iniciou atividades de atendimento em pronto socorro como plantonista na Santa Casa de Porto Ferreira. Em outubro já havia sido convidado para integrar o corpo Clinico do Hospital, onde ingressou como Cirurgião Geral.
Chefiou o Pronto Socorro de Porto Ferreira entre os anos de 2005 a 2009 participando ativamente da construção, estruturação e projeto do novo prédio, inclusive com treinamento de enfermeiros e técnicos, atividade esta desenvolvida com a Universidade Unicastelo.
Em 2009 foi convidado a participar como Diretor Técnico e Chefe Médico do Convênio Dona Balbina, cargo este ocupado até o ano de 2015. Em 2010 idealizou juntamente com o Dr. Rafael Nicolini Fernandes a construção de um centro que agregasse os novos profissionais que viessem para a Cidade. Fundou e construiu então o Centro Médico de Porto Ferreira, sendo o Diretor de 2011 até a presente data. A clínica conta com 13 médicos e várias especialidades e realiza em torno de 300 atendimentos por dia.
Em 2005 iniciou suas atividades junto ao ambulatório de Cirurgia do SUS da Prefeitura. Municipal de Porto Ferreira. Em 2007 foi admitido em concurso público sendo efetivado como responsável pelo ambulatório de cirurgia da Prefeitura. Iniciou com uma fila de espera cirúrgica de 8 anos e hoje atualizou a mesma para 60 dias, realizando as mais variadas cirurgias e colonoscopias pelo SUS.
No ano de 2014 fez prova para ingresso na pós-graduação em Coloproctologia no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista, fazendo a formação nesta especialidade por 2 anos. Em 2017 recebeu o treinamento em cirurgia do câncer de cólon H'no Hospital do Câncer de Barretos.
Ele estima ter realizado em Porto Ferreira, um total de aproximadamente sete mil cirurgias. Hoje ele é diretor da Unimed de Santa Rita do Passa Quatro e também diretor clínico do hospital daquela cidade.

Medalha 29 de Julho – Márcia Helena Francisco
Márcia Helena Francisco é empresária e proprietária da loja Márcia Helena Decorações. Nasceu em Porto Ferreira e na infância morou num sítio. Desde pequena ajudava a mãe, inclusive na colheita de algodão. Tempos depois, a família se mudou para a cidade, indo residir na Vila Maria. Aos 16 anos, Márcia Helena começou a trabalhar na Cerâmica Artística Joelma, na produção, como esponjadeira.
Em pouco tempo foi promovida para chefiar o setor. Paralelamente ao trabalho, cursava o Magistério e ao se formar foi convidada pelo proprietário da Joelma, Aparecido Donizete Carniato, para ser vendedora da cerâmica. De vendedora, passou tempos depois à gerência. Mais ou menos nessa época, com a separação dos pais, passou a cuidar da mãe e da irmã mais nova.
Com a confiança do proprietário da Cerâmica Joelma, Márcia Helena passou a exercer diversas funções de administração/gerência, como por exemplo a criação dos catálogos, que eram feitos em São Paulo, além de cuidar de outras atividades. Em 2004, Carniato construiu alguns prédios comerciais na Avenida do Comércio e ofereceu um espaço para que Márcia Helena montasse sua própria loja de decorações. A princípio, ela hesitou diante do desafio de passar a ser uma empreendedora. Mas com um capital que havia juntado, referente a premiações na empresa, muita determinação e amor ao trabalho, iniciou sua trajetória na Márcia Helena Decorações, que vai completar este ano 14 anos de fundação.
Hoje, a Márcia Helena Decorações é uma das lojas símbolo do avanço ferreirense no setor de Cerâmica Artística e Decoração. Tanto que está realizando uma ampliação de seu espaço para melhor atender aos clientes, além de gerar empregos, renda e contribuir para o desenvolvimento do município.

Medalha 29 de Julho – Lázaro Aparecido Moreto
O empresário Lázaro Aparecido Moreto, 57 anos, é filho de Décio Moretto e Irene Vieira Moretto. Casado com Marcia Falco Moreto, é pai de Tiago, Leandro e Fernanda, também sendo avô de Clara, Eduardo e Helena. Administrador de Empresas e psicólogo, atualmente é CEO da empresa Broto Legal Alimentos S.A., estabelecida em Campinas e Porto Ferreira, com forte atuação na distribuição de gêneros alimentícios com predominância para arroz e feijão.
O histórico de sua família com a cidade de Porto Ferreira nasce em 1955, quando seu pai e seus tios iniciaram atividades comerciais através de uma linha de leite ligando as cidades de Santa Rita do Passa Quatro e Porto Ferreira. A partir de 1960, quando já tinham transferido residência definitiva para Porto Ferreira e se estabelecem como comerciantes atacadistas de um armazém denominado Irmãos Moreto & Cia. Ltda. que, à época, era também popularmente conhecido por "Armazém de Secos e Molhados".
A partir de 1975 inicia sua carreira profissional com vínculo empregatício, até que em 1983, une-se a seu pai no desenvolvimento de atividades empresariais através da "Arrozeira Santa Amélia Ltda." e da "Cerâmica Artística Paraiso Ltda.", cabendo ressalvar o sucesso alcançado com o arroz de marca Serrazul, até os dias de hoje sendo comercializado.
Face do abrangente e profundo conhecimento adquirido no segmento arrozeiro em todas suas fases, desde o plantio até a comercialização ao estabelecimento varejista, foi procurado por empresários de Campinas que trabalhavam exclusivamente no segmento de feijão para, juntos, iniciarem uma empresa com produtos que fazem o casamento perfeito na mesa dos brasileiros: o arroz com feijão. Nascia em junho/2000 a empresa Alimentos Porto Azul Ltda, cuja denominação social veio a ser alterada para Broto Legal Alimentos SA.
Em 2017 a totalidade do controle acionário da Broto Legal Alimentos SA foi adquirida pela empresa Cinel Alimentos Ltda., capitaneada pelo Dr. Washington Umberto Cinel, empresário e grande produtor de arroz no Rio Grande do Sul e Paraguai, proprietário de duas plantas fabris em Uruguaiana que, além de conceder participação acionária elege o acionista Lázaro Aparecido Moreto como responsável pela gestão operacional de todo seu grupo empresarial.

Medalha 29 de Julho – Osni Luciano Martins
Nascido em Porto Ferreira no dia 28 de agosto de 1976, Osni Luciano Martins é filho de Joana Martins e Antônio Carlos Volpato (“in memorian”), irmão de Adelita Cristiane Martins dos Santos, casado com Marisa Cristiana Traldi Martins, pai de Leandro, de 12 anos, e de Lívia, de 8. Segue a religião evangélica.
Aos 10 anos de idade trabalhava como entregador do Jornal do Porto nas ruas e também na Mercearia Nossa Senhora Aparecida (Bar do Zé), no Jardim Primavera, onde dividia os estudos com o trabalho. Aos 14 anos de idade entrou na empresa MarGirius, onde teve seu primeiro trabalho com carteira assinada como Jovem Aprendiz no setor de montagem. Nesta mesma época começou a se destacar na empresa, sendo líder de equipes de gincanas e também em participação de teatros na empresa.
Aos 15 anos começou o trabalho voluntário na Igreja Católica na participação no Grupo de Jovens na Igreja, participação em Grupos de Teatro, Catequista e Coordenador da Missa das Crianças.
No ano de 1995, aos 18 anos, iniciou a carreira militar, ingressando na Força Aérea Brasileira. Nesta mesma época prestou o concurso para a Polícia Militar do Estado de São Paulo. Iniciou o curso na Escola Superior de Soldados da Polícia Militar no ano de 1997. Em 1998, após sua formação, foi transferido para a cidade de São Carlos, onde exerceu várias atividades como policiamento de rua, policiamento de trânsito, Força Tática, setor administrativo.
No ano de 2000 veio transferido para a sua cidade natal, onde exerceu várias funções como Rádio Patrulhamento, Centro de Atendimento e Despacho, Setor Administrativo e atualmente exerce a função de Assessoria de Imprensa e Relações Públicas e Instrutor do Programa Educacional de Resistência as Drogas e a Violência - Proerd.
No ano de 2014, até então soldado Osni, foi promovido a Graduação de Cabo da Polícia Militar. No Ano de 2015 formou-se na área de comunicação com especialização em rádio e tv pelo Senac São Carlos com registro no Ministério do Trabalho como Jornalista e Radialista. Atualmente exerce a função de Repórter Policial na Rádio Porto FM, Locutor na Inovadora FM e matérias para o Site do Jornal do Porto e Jornal do Porto/TV.

Bombeiro do Ano – Michael Gustavo Fornazari
Indicado pelo comandante da Base de Bombeiros de Porto Ferreira, o sargento Paulo Rogério Teodoro, por ter, no período de julho de 2017 a junho de 2018 se sobressaído nas atividades operacionais de incêndio, salvamento terrestre, salvamento aquático, resgate e emergências médicas e salvamento em altura.
De acordo com o comando, Fornazari também merece a homenagem por externar um elevado grau de profissionalismo e comprometimento com o Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo ao buscar, por meio do sentimento próprio do dever, o constante aprimoramento técnico-intelectual com os cursos a disposição na instituição e retransmiti-los aos seus superiores e pares, tomando-se uma referência profissional a ser seguida pelos companheiros de profissão.
Pertinentes aos Valores e Deveres Policiais-Militares, importante salientar qualidades como sua iniciativa, espírito de equipe, fé na profissão de Bombeiro e disciplina, externados com a atitude de se voluntariar para participar de todas as atividades da Base de Bombeiros de Porto Ferreira, não importando a hora, o local e as circunstâncias. Por derradeiro, não restam dúvidas de que o indicado ao Título "Bombeiro do Ano" praticou várias ações positivas dignas de serem reconhecidas formalmente pela Casa das Leis de Porto Ferreira e pelos demais militares do Estado e Bombeiros Municipais que com ele exercem suas atividades.

0
0
0
s2sdefault