Segundo reportagem do jornal O Liberal, de Americana (SP), a Basílica Santo Antônio de Pádua, daquele município, recebeu no domingo (1º) a ordenação diaconal de seis seminaristas pertencentes a região da Diocese de Limeira. Com mais de três horas de duração e com aproximadamente 2,5 mil pessoas presentes, 300 voluntários ajudaram na organização desta celebração. Os coros da Arquidiocese e do Monsenhor Nazareno Magi participaram da cerimônia.

Os seminaristas são: Antonio Marcos Moreira, de Limeira; Diego Fernando Moreira, de Franca, mas fez vários trabalhos em outras cidades, desde Porto Ferreira até Americana; Diego Rodrigo dos Santos, de Araras, trabalhou em sua cidade, também em Americana e Pirassununga; Murilo Vendite da Silva, de Jabuticabal, mas trabalhou em comunidades da região de Arara e de Limeira; Thiago Gonçalves da Cruz, de Descalvado; e Tiago Moreira da Silva, de Pirassununga, faz também fez pastoral em Americana, Limeira e Araras.
Marcada para iniciar às 15 horas no templo da Basílica, a celebração de juramento dos seminaristas junto ao bispo diocesano, Dom Vilson Dias de Oliveira, e o reitor da Basílica, padre Leandro Ricardo, ocorreu no salão de festas da igreja, com a presença de padres de toda a região da Diocese.
Esses seis seminaristas vão vivenciar o período do diaconato de forma transitória porque em breve se tornarão padres. Portanto, eles vão cumprir um estágio nas paróquias de origem ou onde o bispo indicá-los. Assim, eles poderão exercer tudo que aprenderam em anos de estudo dentro das comunidades católicas.
O bispo diocesano enfatizou que a média de ordenação de diáconos é satisfatória. “É um número médio para nossa realidade, pois quando você tem seis, são seis paróquias que a gente pode ajudar. Eu ordenei 61 padres nesse período de 10 anos como bispo, ou seja, uma média de seis por ano, então para a realidade de Limeira está excelente”, reforçou. “Como os ordenados são da região, estiveram presentes pessoas dos 16 municípios pertencentes a diocese”, explicou.

0
0
0
s2sdefault