Na última terça-feira (5) os alunos dos terceiros anos A e B do ensino fundamental do Colégio Objetivo de Porto Ferreira soltaram dois mil curimatãs juvenis, de 10 a 12 cm cada, no rio Moji-Guaçu.

O colégio considera muito formativo ensinar as crianças a importância de se preservar espécies nativas e o amor ao nosso Moji-Guaçu.
“Nos anos de 2016 e 2017 os alunos soltaram duas mil piracanjubas e dois mil lambaris juvenis, o que resultou em muito entusiasmo e interesse dos nossos pequenos estudantes em conhecer mais sobre peixes e rios”, declarou a professora e bióloga Andreia Luiza Baggio Rodrigues, que coordenou a presente atividade.
Por mais esse evento de educação ambiental, o Jornal do Porto cumprimenta o Colégio Objetivo e toda a sua equipe.

0
0
0
s2sdefault