Com quem reclamo?
Um leitor da coluna veio outro dia me parabenizar. Não era nem pelo que eu tinha escrito, mas por ainda manter no JP colunas assinadas, como também faz o meu pai e outros colaboradores. Segundo esse leitor, pelo menos quando alguém assina a coluna, “a gente sabe com quem pode reclamar sobre o que sai publicado”. Não se esconde como covarde e deixa ao ar insinuações maquiavélicas e covardes como um bicho medroso e fujão.

Copiões e hipócritas
Tem muita gente por aí que “se acha” se fazendo como outra parte da imprensa, mas na verdade apenas copia e cola os textos dos outros. O pior é que muitas vezes nem o crédito dão aos textos que copiam. Isso eu aprendi desde pequeno que não se faz. E tem gente ainda que chega ao cúmulo de copiar mais de 99% de seus textos na mídia e mete o pau na fonte que copiou. É muito ordinário. Pior ainda quando o mesmo ainda insinua algo e se esconde no anonimato. Sem endereço fixo, sem expediente de funcionamento do produto e sem vergonha na cara. Com quem estou falando mesmo?
Pra que serve?
Mais uma vez a Câmara de Porto Ferreira, agora por unanimidade, rejeitou um parecer do Tribunal de Contas do Estado. No ano passado os vereadores já tinham aprovado por 10 a 1 (só Dentinho contra) as contas do Dr. Maurício Rasi de 2012, que o TCE havia dado parecer pela rejeição. Desta vez, quem se beneficiou foi Renata Braga, com as contas de 2014. Eu não vou falar mais nada, porque senão eu ainda vou ser o ruim da história, afinal terão mais uma conta da Renata Braga de 2015 para ser aprovada. Edital solicitado pela Câmara (vai entender esses caras) na pagina 4dessa semana.
Feliz
O tio do primo do Policarpo disse que o prefeito Rômulo Rippa estava muito feliz esta semana. Precisa ver se o fato de estarem fazendo uma pesquisa de opinião na cidade tem a ver alguma coisa com essa felicidade.
Devagar
Só faltam duas semanas para as eleições e nem parece, não é verdade? Cadê toda aquela agitação e propagandas pela cidade. Pelo jeito essa história de proibir o financiamento das campanhas pelas empresas realmente derrubou os candidatos. Até esta semana eu só tinha visto um candidato colocar pessoal com bandeiras em pontos estratégicos da cidade. E olhe lá.
Adesivos
Até os adesivos de carros estão em número bem menor esta eleição. Mesmo sendo um produto mais barato. E o pessoal não quer deixar de aproveitar um centímetro de vidro, porque o que eu vi de candidatos de partidos diferentes dobrando propaganda não é brincadeira.
Ele não ou ele sim?
Demorou, mas aqueles que rejeitam o candidato Jair Bolsonaro perceberam que ficar falando muito do presidenciável, mesmo que falando mal, parece que só dá mais força à sua candidatura, que está em primeiro lugar nas pesquisas. Então por isso inventaram nas redes sociais a hashtag #elenão. Sei lá se muda muita coisa.
Colando
Nesta eleição temos apenas uma candidata a deputada estadual na cidade. Daniela Braga já teve um lance de sorte quando apareceu no primeiro programa daquela série “O Brasil que eu quero”, no Fantástico, em rede nacional. Agora outro lance foi estar associada ao líder das pesquisas Jair Bolsonaro, que parece estar também forte aqui no interior paulista. Tem que colar a sua imagem mesmo no seu candidato a presidente.
Apagado
Porto Ferreira também tem outro candidato nessas eleições, só que a deputado federal. Trata-se do Edvaldo Ranzani Carlos, que foi assessor da Prefeitura lá no primeiro governo de André Braga. Só que a campanha do moço está meio apagada por aqui. Vamos ver se é estratégia e o cenário mude nos próximos dias.
Voto útil
Numa das eleições mais abertas das últimas décadas, muita gente ainda não escolheu seu candidato a presidente e também tem muitos que podem mudar até o dia 7 de outubro. É o chamado voto útil, no qual a pessoa deixa de votar em quem realmente quer para fortalecer alguém que poderá disputar com mais chances um segundo turno contra aquele que a pessoa não quer de jeito nenhum. Portanto, tanto quanto olhar para as intenções de voto das pesquisas, olhar para a rejeição dos candidatos também é um fato que poderá definir melhor o resultado das urnas.

0
0
0
s2sdefault

Jornal do Porto TV