O Banco do Brasil abriu hoje (04) sua agência localizada na praça Cornélio Procópio, no Centro, em Porto Ferreira. A instituição, com isso, atende a uma liminar expedida pelo Juízo local no sentido de que o banco teria cinco dias úteis, a partir de notificação, para restabelecimento dos saques na agência bancária, nos caixas localizados na parte interna do banco. Os caixas eletrônicos de autoatendimento da entrada continuam sem operação.

Na semana passada o promotor de Justiça Gustavo Ferronato concedeu entrevista exclusiva à Jornal do Porto TV, quando falou sobre o inquérito civil instaurado para verificar a “regularidade da suspensão parcial das atividades do Banco do Brasil, Agência de Porto Ferreira, em razão de tentativa delitiva, com incêndio, acarretando possível prejuízo aos correntistas/consumidores”. Esta tentativa de furto aconteceu em meados de setembro.
Na entrevista, o promotor diz que tentou fazer um acordo com o banco para que retomasse as atividades, mas não houve um interesse por parte da instituição. Assim, propôs uma ação civil pública, com data de 27/11, em que obteve a liminar para reabertura da agência em cinco dias.
A liminar foi apoiada principalmente na questão da segurança dos correntistas, pois já houve casos de assalto na agência dos Correios, que é uma alternativa para as movimentações dos clientes, mas que não possui todo o aparato de vigilância de uma agência bancária. Também preocupa o período de pagamento em dezembro, no início do mês, quando uma grande circulação de valores deve ocorrer.

0
0
0
s2sdefault

Jornal do Porto TV