O prefeito Rômulo Rippa recebeu nesta terça-feira (10/10) em seu Gabinete representantes do canal de TV Rede Vida, que anunciaram o início da sintonia digital da emissora.
Acompanhado de servidores da Divisão de Fiscalização – Jorge Berti e Vanerson Marin –, o prefeito recebeu encarregados de expansão do “Canal da Família”, Fernando Beltrame e Carlos Stringaci.

A previsão é de que o canal passe a ser sintonizado de forma digital dentro de 60 dias. O prefixo será o 32.1.
“A Rede Vida é um canal cristão e que possui uma audiência muito fiel. Desde que a emissora desligou o sinal analógico temos recebido muitos pedidos de informações sobre o canal. E, agora, felizmente podemos anunciar que em breve a programação estará de volta e de forma digital, ou seja, com muito mais qualidade de imagem e som”, comentou o prefeito Rômulo Rippa.
A Rede Vida de televisão é uma emissora aberta de cobertura nacional. É considerado o canal da família por sua inspiração cristã, por seus compromissos morais e éticos, por sua vocação para o serviço, a valorização humana e social. A emissora nasceu em 20 de junho de 1995. O projeto foi iniciativa de um leigo católico, o jornalista João Monteiro de Barros Filho. A ideia recebeu adesão do então bispo de Botucatu, dom Antônio Maria Mucciolo e de dom Luciano Mendes de Almeida, então arcebispo de Mariana.
Com o apoio de dioceses, paróquias, congregações e com o auxílio de leigos engajados surgiu o Inbrac (Instituto Brasileiro de Comunicação Cristã), o órgão sem finalidades lucrativas que operacionalizou a implantação da Rede Vida.
Com cobertura em canal aberto VHF e UHF, a Rede Vida está presente em todas as capitais brasileiras e as 500 maiores cidades do Brasil, alcançando mais de 1.500 municípios. E já está presente em mais de 250 destas localidades com canal digital.
Possui a maior distribuição de TV por assinatura do país e está disponível também através das antenas parabólicas, em sinal digital e analógico. São 24 horas diárias de programação produzida em HD, tanto na sede e geradora em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, como nos estúdios auxiliares na capital de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brasília, além de produções independentes e matérias jornalísticas enviadas de diversas outras localidades do país e do mundo.
Fonte: Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

0
0
0
s2sdefault