O Núcleo Regional de Ribeirão Preto da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria de Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, realizou a fiscalização e autuou quatro instituições bancárias de Porto Ferreira: Banco do Brasil, Itaú, Bradesco e Caixa Econômica Federal.
O monitoramento aconteceu tanto em dias de pagamento (considerado de pico, com grande movimento), como em dias de normal movimento.

A equipe de fiscalização monitorou as quatro instituições que possuíam reclamações por consumidores e todas foram autuadas. Os bancos responderão agora a processo administrativo, sendo assegurada a ampla defesa, podendo ao final serem multados. As multas variam, aproximadamente, dentre R$ 629 a R$ 9,3 milhões.
Durante a fiscalização, o Procon considerou diversos itens: quantidade de guichês disponíveis, caixas em funcionamento, quantidade de consumidores na fila, quantidade de terminais existentes no autoatendimento e presença de orientadores. O motivo da fiscalização realizada é, segundo o Procon, a má prestação do serviço relacionada à demora no atendimento dos consumidores.
Fonte - Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos - Prefeitura de Porto Ferreira

0
0
0
s2sdefault

Jornal do Porto TV