De todo o planeta, o Brasil é o país onde mais cai raio. São quase 80 milhões por ano, segundo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). O fenômeno, causado por descarga elétrica de grande intensidade na atmosfera, que atinge o solo entre regiões eletricamente carregadas, causa mortes e estragos.
O Estado onde mais ocorreram descargas elétricas nos últimos anos foi o Tocantins, conforme dados do Inpe. Nas duas primeiras semanas deste ano, foram registrados 800 mil raios.

Além de duas mortes de trabalhadores, mais de 100 bois e vacas foram vítimas de raios desde início de 2018. A zona rural tocantinense registra a maior quantidade de raios do Estado. No entanto, segundo informações do instituto, São Paulo é a região com mais mortes causadas pelas descargas elétricas.
Pesquisas do INPE indicam aumento na incidência de raios em áreas urbanas, por conta do fenômeno conhecido como “ilha de calor” e da poluição. Além disso, o instituto sinaliza crescimento na queda de raios influenciada pelos fenômenos: El Niño, La Niña e aquecimento global.
Orientação - Diante dos números, a área de Defesa Civil da Confederação Nacional de Municípios (CNM) chama a atenção para algumas atitudes e cuidados simples, que podem evitar prejuízos e acidentes:
a) promover informações à comunidade para não tomar banho durante as tempestades;
b) orientar para que não haja o uso de chuveiro, torneira elétrica e outros eletros domésticos, como secador, ferro de passar e chapinha;
c) alertar para a importância de se evitar contato direto com qualquer objeto que possua estrutura metálica. Também conscientizar para que sejam desconectados da rede aparelhos eletroeletrônicos como televisores, computadores, som; afastar-se das tomadas e evitar o uso do telefone durante as tempestades.
A CNM destaca ainda que evitar o uso de chuveiro durante as tempestades é fundamental. Isso, porque tomar banho durante tempestades pode não atrair o raio para dentro da casa, mas pode atingir as linhas de energia na rua e provocar sobrecarga na rede. O resultado pode ser um choque em quem estiver debaixo d’água. (Da Agência CNM com informações do INPE)
-----------------------------------
Mortes por raios é maior em São Paulo
O estado que mais registrou número de raios nos últimos anos foi Tocantins. Mas o estado de São Paulo foi o que teve mais mortes causadas por descargas elétricas. 

 

0
0
0
s2sdefault