BRK finaliza reparo em adutora e restabelece captação e produção de água tratada em Porto Ferreira

Serviço foi finalizado à 1h da madrugada desta terça-feira (7); normalização dos níveis de reservação deve ser gradativa e a concessionária trabalha com a expectativa de que isso ocorra até a noite

BRK finaliza reparo em adutora e restabelece captação e produção de água tratada em Porto Ferreira

A BRK, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto em Porto Ferreira, concluiu na madrugada desta terça-feira (7), por volta da 1h, o reparo da adutora de água bruta que se rompeu na noite de domingo (5). Um trecho de 12 metros de tubulação foi substituído por uma nova, confeccionada em ferro fundido, com 350 milímetros de diâmetro. Assim, tanto a captação como a produção de água tratada foram retomadas em 100% de sua capacidade. A normalização dos níveis de reservação, contudo, deve ocorrer de forma gradativa ao longo do dia, com expectativa de ser concluída durante a noite.

Ao todo, foram 25 horas ininterruptas trabalhadas em um serviço complexo e que exigiu o empenho de 30 profissionais, entre funcionários da empresa e terceirizados, dos quais quatro eram mergulhadores profissionais. O trabalho especializado foi necessário porque a tubulação danificada se encontrava em local de difícil acesso, submersa no ribeirão Santa Rosa, um dos afluentes do rio Mogi Guaçu, que abastece o município.

Na noite de domingo, uma equipe da concessionária constatou o deslocamento de uma junta mecânica instalada na rede de água bruta que resultou em uma abertura da tubulação. As análises feitas pela empresa indicam que o incidente está relacionado a sucessivas quedas de energia que afetaram o município na última sexta-feira (3), causando instabilidades no sistema elétrico para o bombeamento e um estresse da tubulação, que acabou se deslocando com a pressão da água.

Serviço foi retomado na madrugada

Concluído o reparo, a adutora voltou a transportar água da captação, que fica no rio Mogi, até a Estação de Tratamento de Água (ETA), localizada no centro da cidade, onde passa por tratamento e, em seguida, é distribuída para todo o município.

Com o restabelecimento da captação e produção, a BRK mantém o foco neste momento em acompanhar a evolução dos níveis de reservação de água tratada. A normalização da situação depende da união de dois fatores: a produção, que já está sendo feita de forma plena, somada a um consumo consciente por parte da população neste período de retomada.

Por isso, a concessionária recomenda a otimização do uso da água durante o período que antecede a normalização total do sistema de reservação.

Na manhã desta terça-feira, o nível de reservação já está se recuperando. Poderá ocorrer oscilações em alguns pontos mais altos da cidade, razão pela qual a companhia pede um consumo consciente. A ETA está operando no momento com a chegada de 226 litros por segundo - sua capacidade total é de 230l/s - para tratamento e distribuição. Mensalmente são produzidos 465.000 litros de água em Porto Ferreira.

Caminhões-pipa atenderam hospitais e escolas

Reforçando seu compromisso com a população, ao mesmo tempo em que não poupou esforços para concluir o reparo da adutora, a BRK priorizou o atendimento de hospitais e escolas do município para o fornecimento de água e disponibilizou caminhões-pipa para evitar o desabastecimento desses locais.

Em caso de dúvidas ou solicitações de reparos, os clientes têm à disposição o telefone 0800 771 0001. A ligação é gratuita e o atendimento funciona 24 horas por dia.

Acompanhantes Goiania