Peregrinos Ferreirenses 12 dias no Caminho da Fé

Da espiritualidade estreitada com a padroeira dos católicos, o ferreirense Senhor Antonio há 2 décadas, criou novos hábitos, dentre eles o de agradecer pelas graças alcançadas em viagens até o Santuário Nacional de Aparecida. Anualmente o peregrino em companhia de outros devotos, percorre a pé o caminho da fé. Roberto, Altamira e Donico, os companheiros de caminhada que durou 12 dias, de Porto Ferreira até a Basílica de Nossa Senhora de Aparecida. Os peregrinos também contaram com o apoio do Vitor. Os caminhos que a fé percorre são inúmeros - você pode chegar aonde quer, de várias formas e por várias vias. O sagrado, para o humano, rompe barreiras físicas, mentais e emocionais. Para o Catolicismo a fé é a primeira das três virtudes teologais e para alcançar esta virtude, alguns cristãos se propõe a cumprir promessas ou até mesmo fazer um somente uma reflexão maior, por meio de um caminho físico - uma estrada, uma caminhada - sozinho, somente com a presença do divino ou acompanhado com algum amigo ou familiar. O peregrino leva consigo uma credencial desde o início da sua rota, documento que ele deve carimbar em pousadas ao longo do trajeto para ter direito a um certificado de conclusão ao fim da viagem. Dá pra ver que tem toda uma estrutura para os peregrinos, mas, segundo relatado dos peregrinos ferreirenses, sempre haverá os obstáculos a serem vencidos - o cansaço, as dores físicas, feridas emocionais e até o clima - tudo pode ser um empecilho na caminhada do propósito.

Comentários

Acompanhantes Goiania