Poco confirma X2 e anuncia data de lançamento. Confira!

Poco confirma X2 e anuncia data de lançamento. Confira!

A Poco confirmou, nesta segunda-feira, 27, que o seu primeiro dispositivo como marca independente da Xiaomi vai se chamar X2. E também marcou a data do an√ļncio oficial: dia 4 de fevereiro. Uma p√°gina especial para o dispositivo j√° d√° algumas pistas sobre o que podemos esperar dele, como alta taxa de atualiza√ß√£o da tela e foco em jogos.

Em um tweet, a Poco √ćndia traz o link para uma p√°gina que faz a medi√ß√£o da taxa de atualiza√ß√£o do seu smartphone. Se voc√™ abrir pelo computador, h√° um aviso dizendo que o teste só funciona no mobile. É mais uma pista forte de que o dispositivo vem com os 120 Hz, igual ao Redmi K30.

Pouca coisa est√° confirmada na p√°gina oficial da empresa. Aparentemente, o dispositivo ter√° o sensor Sony IMX686 para fotos, com 64 MP de resolu√ß√£o. E est√° confirmado que vir√° com um Snapdragon em seu interior, possivelmente o 730G, que é focado em jogos. O dispositivo ainda conta com um sistema de resfriamento, outra caracter√≠stica que tem sido tratada como crucial para modelos gamers no mercado.

Na esteira do Pocophone F1

O X2 quer aproveitar o estrondoso sucesso do Pocophone F1, um modelo topo de linha por dentro, mas com acabamento de pl√°stico, que caiu nas gra√ßas do p√ļblico. Nos √ļltimos dias, houve uma boa movimenta√ß√£o na subsidi√°ria da Xiaomi, que ganhou status de empresa independente, com o nome Poco, e come√ßou a propagandear um novo dispositivo na √ćndia.

"Acreditamos que este é o momento certo de deixar a Poco operar por conta própria, e é por isso que estamos animados em anunciar que ela far√° um spin-off como marca independente", declarou Manu Kumar Jain, vice-presidente e chefe de opera√ß√Ķes da Xiaomi na √ćndia, em comunicado na semana passada.

Pouco depois de ser oficialmente anunciada como empresa com opera√ß√Ķes independentes, ou seja, com estratégias de lan√ßamentos, marketing e até desenvolvimento próprio, a nova companhia come√ßou a fazer pequenos "teasers" de seu próximo aparelho nas redes sociais. E, apesar de a marca Poco F2 estar registrada, pode n√£o ser este o nome do smartphone.

Poco esconde nome do dispositivo a ser revelado em fevereiro (Imagem: Reprodução/Twitter)

De acordo com uma postagem da filial indiana da Poco no Twitter, o gerente-geral da companhia no pa√≠s confirmou que a inten√ß√£o da empresa é anunciar um novo dispositivo em fevereiro.

O perfil oficial ainda linkou um artigo que fala sobre uma busca em se tornar "legalmente independente na √ćndia para lan√ßar um novo dispositivo em fevereiro". O artigo é do dia 23 de fevereiro, cerca de cinco dias depois do an√ļncio da separa√ß√£o da marca Poco da Xiaomi - a empresa segue como subsidi√°ria, ao menos na China.

Separado, mas nem tanto

Mas, apesar de toda essa luta pela divis√£o entre a marca e a Xiaomi - incluindo a outra subsidi√°ria, a Redmi - a Poco pode n√£o ser l√° t√£o independente assim. H√° algumas dicas, oficiais e extraoficiais, sobre o tal dispositivo que vai ser anunciado em fevereiro, incluindo o nome e as poss√≠veis especifica√ß√Ķes.

Postagens da marca nas redes sociais d√£o algumas dicas. A principal e mais clara é que o nome n√£o vai ser Poco F2. Olhos muito atentos conseguem detectar uma possibilidade: Poco X2, como voc√™ pode reparar no v√≠deo abaixo. Na primeira tela, dois dos "usu√°rios" do suposto chat t√™m o √≠cone substitu√≠do do padr√£o para a letra X, em um caso, e o n√ļmero 2, em outro.

Enquanto isso, outras informa√ß√Ķes apontam para a possibilidade de o dispositivo ser uma espécie de vers√£o 4G do Redmi K30 para os indianos. Foi uma reportagem do site XDA Developers quem levantou essa hipótese, baseado em duas pistas.

A primeira é que a própria Xiaomi trata o Poco X2 internamente com o código "phoenixin", muito parecido com o codinome do Redmi K30 4G, chamado de "phoenix". Pelo término no nome do primeiro, d√° para imaginar que seja um indicativo do mercado alvo, ou seja, a √ćndia.

Poco X2 seria uma versão indiana do Redmi K30 4G, segundo o XDA Developers (Imagem: Divulgação)

Outra pista é o código dos modelos. O sistema BIS, que é uma espécie de Anatel indiana, registrou um produto da Poco com o n√ļmero de modelo M1912G7BI. O Redmi K30 4G na China é M1912G7BC. Muda apenas a √ļltima letrinha, de C, no modelo chin√™s, para I, no indiano. Em resumo, a letra inicial de cada pa√≠s.

Parece que tornar-se uma marca independente n√£o separa, de fato, a Poco da matriz e subsidi√°ria no final das contas. O que fica evidente é uma possibilidade: a Poco ter√° como principal mercado a √ćndia, enquanto a Redmi deve mirar a China e, possivelmente, o ocidente, j√° que é uma marca conhecida também na Europa e América Latina, principalmente.

Caso a reportagem do XDA Developers esteja correta, podemos esperar as seguintes especifica√ß√Ķes do Poco X2:

Poco X2: ficha técnica

  • Tela IPS LCD de 6,67 polegadas Full HD (2400 x 1080) 20:9 e taxa de atualiza√ß√£o de 120 Hz;
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 730G
  • RAM e armazenamento nas op√ß√Ķes 6/64 GB, 6/128 GB e 8/256 GB com suporte a expans√£o via cart√£o micro SD
  • 3 c√Ęmeras traseiras (+ sensor de profundidade 2 MP)
    • Principal: 64 MP f/1,9
    • Ultra-wide: 8 MP f/2.2
    • Macro: 2 MP f/2.4
  • Frontal: 20 + 2 MP (sensor de profundidade)
  • Sistema: MIUI 11 (baseada no Android 10)
  • Bateria de 4.500 mAh com carregador r√°pido de 27W
  • Leitor de impress√£o digital na lateral, conector USB-C, entrada P2, NFC
  • Dimens√Ķes e peso: 165,3 x 76,6 x 8,79 mm; 208 g

E aí, está animado para um novo smartphone da Poco, ou acha que a marca vai acabar ficando restrita a alguns mercados, enquanto a Redmi traz dispositivos mais baratos para o ocidente?

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech: