Santa Rita registra primeiro óbito por Covid-19

Paciente de 61 anos, faleceu no último dia 14 de abril, em Ribeirão Preto; outros dois suspeitos estão aguardando teste pelo instituto Adolfo Lutz;

Por André Bellini em 24/04/2020 às 10:10:37

A notícia que ninguém esperava chegou a Santa Rita do Passa Quatro nesta quinta-feira (23/4). Uma mulher de 61 anos é a primeira moradora do município a falecer em decorrência da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. A vítima faleceu no último dia 14 de abril, terça-feira, em Ribeirão Preto, onde estava internada há quatro dias, após sofrer um mal súbito. A confirmação da suspeita e óbito só foram informados ao Departamento Municipal de Saúde nesta quinta-feira.

Após receber a informação, o prefeito Leandro Luciano dos Santos, acompanhado do médio Dr. Luis Octávio Baldin Caltran, diretor clínico da Santa Casa, gravou um vídeo informativo, postado nas redes sociais próprias e da prefeitura explicando o caso.

De acordo com as informações, outra paciente moradora da Santa Rita, de 59 anos, está internada em Ribeirão Preto, desde o último sábado (18/4) com suspeita de Covid-19. Ela também sofreu um mal súbito. Ambas as vítimas fazem tratamento de hemodiálise em Ribeirão Preto e viajam com transporte oferecido pelo Departamento Municipal de Saúde. Outros pacientes do transporte estão sendo monitorados mas não apresentam os sintomas.

Departamento de Saúde informa que, desde o início da pandemia, todas as medidas de precaução são tomadas nos transportes de pacientes para outras cidades, incluindo desinfecção e lotação reduzida em relação a capacidade total dos veículos.

O viúvo da vítima apresentou os sintomas e também foi testado. Ele aguarda o resultado pelo Instituto Adolfo Lutz. Todos os outros familiares estão em quarentena e sendo monitorados. Eles estão sendo instruídos a, caso apresentarem algum sintoma, para procurem a Santa Casa.

OBRIGATÓRIO USO DE MÁSCARAS

A confirmação aconteceu no mesmo dia em que a prefeitura editou o Decreto Municipal nº 2914, que prorroga até o próximo dia 10 de maio as medidas restritivas de funcionamento de estabelecimentos comerciais e dá outras providências.

O ato da continuidade as medidas tomadas no Decreto 2.909, de 21 de março, de "estado de calamidade pública no município" visando conter o avanço do novo coronavírus.

A novidade do decreto atual é a obrigatoriedade do uso de máscaras faciais pelas pessoas quando estiverem em estabelecimentos comerciais, bancos, lotéricas, entre outros. A máscara facial deve cobrir a boca e o nariz. No caso de descumprimento da medida, o Município, com base na excepcionalidade do momento e nos termos da Lei, multar o infrator em duas 2 UFESP (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo). O valor atual de cada UFESP é de R$ 27,61. A multa dobra em cada reincidência.

O novo decreto já foi publicado no Diário Oficial Eletrônico da Prefeitura Municipal, que pode ser acessando no endereço www.imprensaoficialmunicipal.com.br/santa_rita_do_passa_quatro.

O quadro atual da doença no município segue com 11 notificações, sendo sete delas já descartadas, com resultados negativos pelo Instituto Adolfo Lutz. Outros três casos permanecem suspeitos e um óbito confirmado.

A orientação é que as pessoas devem manter o isolamento social, o distanciamento, o uso constante de máscaras faciais entre outras. "O importante é não perdermos mais vidas", disse o prefeito, como apelo à população.

Prefeito e diretor clínico da Santa Casa


Cavaliani

Comentários