Medição mensal da BRK apura queda de 68,8% no volume de chuvas em Porto Ferreira em abril

Em maio não houve registro de chuvas nos primeiros 20 dias; apesar da estiagem antecipada, o sistema de abastecimento opera de forma regular no município

Medição mensal da BRK apura queda de 68,8% no volume de chuvas em Porto Ferreira em abril

O período de estiagem, com a redução acentuada do volume de chuvas, costumeiramente começa com a chegada do inverno, no final do mês de junho. Mas, neste ano, um fenômeno atípico fez com que a escassez pluviométrica tivesse início bem antes, ainda durante o outono. Para se ter ideia do atual momento, de acordo com dados coletados pela BRK, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto em Porto Ferreira, nos primeiros 20 dias de maio não choveu na cidade.

Ainda de acordo com o balanço mensal de pluviometria, o mês de abril teve o quarto pior resultado do município na série histórica iniciada em 2016, com apenas 21 milímetros de chuvas. No comparativo com o mês anterior, quando choveu 67,4 milímetros, a redução no volume foi de 68,8%. Apesar do quadro, o abastecimento de água em Porto Ferreira permanece estável.

Contudo, a combinação da falta de chuvas com as frequentes e atípicas ondas de calor (foram quatro apenas neste ano), que levaram a um consequente aumento do consumo de água tratada, conduzem a um estado de atenção. Por isso, práticas de consumo responsável são recomendadas para manter o padrão de abastecimento normalizado.

"A estiagem, ainda mais por ter começado bem antes do previsto, requer um cuidado ainda mais especial às boas práticas de consumo do dia a dia, seja por meio de reparo de vazamentos, controle de desperdícios e uso eficiente da água. Há medidas simples que, quando adotadas, são eficazes em períodos como o que estamos atravessando, caracterizado por escassez de chuvas e com temperaturas mais elevadas que o comum para a época", comenta Daniel Makino, gerente de Eficiência Operacional da BRK.

Jogando Junto pela Água

As ações são detalhadas no site da campanha Jogando Junto pela Água (www.jogandojuntopelaagua.com.br), que a BRK mantém ativo para orientar sobre consumo consciente. Entre elas estão fechar a torneira na hora de escovar os dentes ou de ensaboar a louça, substituir a mangueira por baldes para a lavagem de veículos e aproveitar a água da lavadora de roupas para limpeza de quintais.

No site é possível ainda acompanhar o volume de chuvas mês a mês e também a condição dos mananciais que abastecem o município, que é atualizada semanalmente. Nesta semana, o Rio Mogi Guaçu, que abastece a cidade, opera com nível de 1,06 metro. O mínimo necessário para a operação é de 0,50 metro. Portando, o manancial segue em condição normal.

Acompanhantes Goiania