Deixa eu falar ...

Não me ofende. Falou uma verdade

Deixa eu falar ...

Li várias respostas indignadas as declarações dessa "artista" MC Pipoquinha que debochou de um professor ganhar 5 mil reais enquanto ela ganha 70 mil pra rebolar a bunda 30 min.

Não me ofende. Falou uma verdade.

Apenas "mostrou" - e é essa a função dos monstros que cada cultura produz: mostrar - a alma dessa sociedade.

Não passamos décadas ensinando aos nossos filhos que o objetivo da vida é "ganhar dinheiro"? Ela ganha! Muito mais que eu!

Não idolatramos e alimentamos a fortuna de jogadores de futebol, modelos, influencer, coach, pastores, e artistas de talento duvidoso?! Muitos não ostentam em igual proporção uma vida glamourosa e um caráter pífio, medíocre?

Tenho 35 anos de carreira. Doutorado em Educação. Quantas Prefeituras me convidam para ministrar formação docente a troco de transporte e de um prato de comida, enquanto pagam cachês de 500 mil para alguém cantar "senta senta, toma toma"?!

Então "Pipokinha" falou alguma mentira? Ofende quando ela fala?! Não.

Ofende é saber que é verdade. Que nossa sociedade - e seus representantes legais - consome, valoriza e aplaude isso, enquanto chama professores e professoras de "vagabundos, despreparados, comunistas, doutrinadores, pedófilos?". Ai está verdadeira ofensa.

Pagar 5 mil para um professor é o que ofende!

Oferecer 5% de reajuste é o que ofende!

Atrasar os salários é o que ofende!

Não pagar os aposentados é o que ofende!

Escolas insalubres, sem ar, sem infraestrutura mínima e digna é o que ofende!

Não ter plano de carreira é o que ofende!

Não ter segurança é o que ofende!

Não ter hora de planejamento é o que ofende!

Somos ofendidas de muitas e perversas maneiras todos os dias. Pelo governo, pelas coordenadorias, pelas famílias, e até por certas direções.

MC Pipokinha, não chega nem perto das graves e cotidianas ofensas que a Docência enfrenta. Nem perto.

* Professora da UFF - Universidade Federal Fluminense

Acompanhantes Goiania