RODRIGO GARCIA VETA O AVANÇO DAS RÁDIOS COMUNITÁRIAS DO ESTADO E IMPEDE LEI DE FOMENTO DO SETOR

Rádios reagem com sarrafo da união e organizam campanha para derrubar ovetodeGarcia

RODRIGO GARCIA VETA O AVANÇO DAS RÁDIOS COMUNITÁRIAS DO ESTADO E IMPEDE LEI DE FOMENTO DO SETOR

Em Assembleia Extraordinária do Fórum Democracia na Comunicação não faltou indignação e revolta das rádios comunitárias em razão do veto do governador Rodrigo Garcia à lei de fomento do setor do Estado de São Paulo.

A lei de fomento é parte da política da economia criativa e destina recursos para as rádios comunitárias gerarem empregos e rendas em suas comunidades. A lei de fomento de autoria do deputado José Américo, aprovada de forma unânime pela Assembleia Legislativa, traria para as rádios do interior e do litoral paulista a possibilidade de através de projetos culturais criarem postos de trabalhos, mas o atual governador e candidato à reeleição Rodrigo Garcia impediu o avanço das comunitárias.

A reação das emissoras ao veto foi imediata, e a voz foi unívoca, todos concordaram em manter a unidade e participarem da luta pela derrubada do veto. Segundo o deputado José Américo que participou da Assembleia, "o presidente da Assembleia colocará o veto para votar, caso o Rodrigo Garcia não vá para o segundo turno e as rádios terão grandes chances de derrubar o veto à lei de fomento das rádios comunitárias do estado de São Paulo". A Assembleia apoiou a campanha pela derrubada do veto.

O Forum Democracia na Comunicação sabe que os desafios são imensos e que poucos realmente estão ao lado da comunicação livre e comunitária, mas lutaremos a cada minuto pela Lei do Fomento às Rádios Comunitárias do Estado de São Paulo. Nossa luta é vitoriosa, porque é justa. De vitória em vitória até a vitória final.