44 anos e avante!

Aproveitamos também para lançar o selo dos 44 anos que será o símbolo desse ano

44 anos e avante!

Neste sábado o Jornal do Porto completa 44 anos de circulação ininterrupta em Porto Ferreira e região. Ainda abalados pela recente perda, o ideal de João Roberto Bellini se mantém vivo e atuante, resistindo bravamente na imprensa interiorana paulista, numa luta que muitos já desistiram. Luta essa de Mafalda e André à frente desse legado que nos enche de amor e fé em prosseguir levando a notícia da ¨Coletividade para a Coletividade. Aproveitamos também para lançar o selo dos 44 anos que será o símbolo desse ano.

Arte desenvolvida pelo nosso colaborador André Grigoletto que com todo capricho pensou e elaborou a arte que ainda deu tempo de ser escolhida pelo nosso fundador.

O Jornal do Porto, hoje, é um grupo de comunicação que agregou as novas tecnologias, com portal de notícias na internet o jornaldoporto.inf.com, nas redes sociais como Facebook , Instagram, Twiter e no YouTube (Jornal do Porto TV), além da parceria com a Rádio Comunidade FM, aliás parceira fundamental em nossos pondcast , contamos também com um programa do Jornal do Porto na rádio, todas às sextas-feiras a meio dia levando o jornal com suas manchetes para dentro da comunidade através das ondas do rádio. Isso é a marca Jornal do Porto, modernizando e dando para você parceiro do jornal a facilidade de acessar as informações de modos completamente diferentes, porém sim interligados.

Então aproveitando esse momento marcante que são os nossos 44 anos, queremos lembrar de você anunciante, veja qual seu público, analise quem você quer atingir e veja que aqui no Jornal do Porto com seus assinantes e leitores, ele é sim, sem dúvida o canal que você está procurando.

O nosso objetivo, porém, é o mesmo desde aquele 5 de junho de 1977: levar a melhor informação sobre a coletividade para a coletividade ferreirense, com pluralismo e responsabilidade. Se não fosse assim, nunca chegaríamos onde chegamos.

Claro não somos unanimes em agradar a todos, nem seríamos pretensiosos para isso. Mas as clarezas das páginas do jornal falam por si só. Profissionalismo e dedicação são a chave para continuarmos.

Uma imprensa livre e responsável é fundamental na sociedade. O mundo mudou com a invenção da prensa pelo alemão Gutenberg, no começo da segunda parte do século 15. O primeiro jornal impresso de que se tem notícia foi o Nieuwe Tijdinghen, lançado em 1602 na Bélgica. No Brasil, o primeiro jornal foram dois: Correio Braziliense, editado por Hipólito José da Costa, em Londres; e Gazeta do Rio de Janeiro, editado pelo frei Tibúrcio José da Rocha. Esses dois jornais começaram a circular no mesmo ano: 1808.

Logo após essas publicações, surgiram outras em diversas partes do País. Daquele tempo, três jornais ainda sobrevivem: Diário de Pernambuco (1825), O Estado de S. Paulo (1875) e o paraibano A União (1893).

O Jornal do Porto já pode ser considerado um patrimônio cultural de Porto Ferreira, com sua afirmação do verdadeiro jornalismo. Fiel intérprete da história nas últimas quatro décadas, cão de guarda da sociedade.

A internet conecta cidades, estados, países e continentes, mas se a informação não for apurada de forma profissional, dificilmente será a correta. O ser humano dificilmente aceita uma mensagem que não seja da vontade dele. As pessoas costumam acreditar em sua própria verdade, e o jornalismo busca a verdade da sociedade.

Ninguém agrada a todos. Mas nós temos o poder de contar histórias. Se não tivermos mais histórias, não teremos mais jornalismo. Se não fosse por nós, como as pessoas seriam escutadas? Pela internet? Em uma época em que cada vez mais as pessoas descredibilizam as outras? Em que as notícias falsas espalham-se mais rápido do que uma notícia verdadeira? Se mentiras são desmascaradas, agradecemos ao santo jornalismo.

Vivemos do jornalismo para a mentira não ser contada. A verdade é a única essência pura do mundo e o jornalismo salva vidas. A luta pela verdade é dar vida para o povo.

Por isso nós do Jornal do Porto acreditamos que esse legado deixado por João Roberto Bellini tem vida longa com a perseverança e responsabilidade que nos foi conferida. Essa responsabilidade é quem nos faz mais fortes a cada dia. Alianças, amizades e a lealdade com nossos assinantes e patrocinadores vão fazer de nós ainda mais fortes para continuar esse compromisso com Porto Ferreira e com você que acaba de ler essas linhas, isso mesmo, você que é o nosso objetivo principal e único. Nossos leitores.

Viva o Jornal do Porto!

Acompanhantes Goiania