Chuvas no início do 2020 estão dentro da média, segundo dados da Defesa Civil

Pluviômetro registrou um total de 111,1 milímetros de chuva

Por Jornal do Porto em 17/01/2020 às 21:39:03
Ponte Metálica Rio Mogi Guaçu

Ponte Metálica Rio Mogi Guaçu

A pedido do Jornal do Porto, a Defesa Civil de Porto Ferreira encaminhou esta semana dados referentes às precipitações nos primeiros dias do ano de 2020.

O que vem ocorrendo, principalmente no último final de semana, são pancadas de chuva e temporais que, apesar da quantidade de água, não são tão duradouros. No domingo (12), por exemplo, choveu 19,8 mm. Mas a maior chuva do ano aconteceu no dia 2, com 41,3 mm.

O rio Moji-Guaçu, que iniciou o ano com nível de aproximadamente 1 metro, chegou a 3,15 m na última terça-feira (14), seu maior volume no ano. Porém, logo na quarta-feira já havia baixado para 2,80 m.0

Os dados da Defesa Civil mostraram que 2019 foi o segundo ano com menos chuvas desde 1992, quando o órgão iniciou os registros, só superando o ano de 2014, o mais seco dos últimos 27 anos.

Em 2019, nenhum dos meses atingiu a marca de 200 mm acumulado de chuva, um fato inédito desde 1992. O mês de fevereiro foi o mais chuvoso, com 196,6 mm.

A maior chuva de 2019 foi registrada no dia 27 de fevereiro, quando os pluviômetros marcaram 63,2 milímetros de precipitação.

Lembrando que desde 1991 somente em três ocasiões ocorreram mais de 400 mm de chuvas num único mês. Foram em fevereiro de 1995 (470 mm), janeiro de 2007 (467,3 mm) e fevereiro de 2004 (410 mm).

E em apenas quatro vezes choveu mais de 100 mm num único dia. O dia mais chuvoso dos últimos 27 anos foi 3 de janeiro de 2000, quando choveu 132,4 mm. Em seguida, vêm os dias 4 de fevereiro de 1995 (117,2 mm), 13 de abril de 2011 (105,4 mm) e 9 de janeiro de 2007 (104,2 mm).


Cavaliani

Comentários