Nesta quinta-feira, (11/04), no Quartel do 38º BPM/I, em São Carlos/SP, por iniciativa do Tenente Coronel PM Valdemir Guimarães Dias, foi desenvolvida uma palestra com a temática: "Gerenciamento de Incidentes Policiais em Estabelecimentos de Ensino".

O evento contou com a presença da Dirigente de Ensino da Regional de São Carlos, Débora Gonzalez Costa Blanco, e sua equipe composta por 46 Diretores de Escolas Estaduais do Ensino Médio das cidades de São Carlos, Descalvado, Ibaté, Ribeirão Bonito, Dourado e Itirapina, e também da Diretora do Centro Educacional SESI-205 (Descalvado).
O objetivo da palestra foi o desenvolvimento de uma "imagem operacional comum", através do compartilhamento de informações que proporcionem a compreensão ampla dos métodos de atuação da Polícia Militar na resolução de incidentes em estabelecimentos de ensino.
Diversos incidentes, como a tragédia na Escola Raul Brasil, em Suzano/SP, foram discutidos tecnicamente, como uma proposta de experiência e aprendizagem que propiciem aos Profissionais da Educação:
- Noções de Gerenciamento de Incidentes Policiais em Ambientes Escolares;
- Compreensão sobre a complexidade dos eventos geradores de crises e a necessidade do desenvolvimento da
Consciência Situacional;
- Conhecer, analisar e discutir os procedimentos a serem adotados diante de incidentes no ambiente escolar;
- Apresentar as percepções dos profissionais da educação diante da atuação policial na resolução de incidentes
em ambientes escolares;
- Dotar os Profissionais da Educação de informações básicas que os capacitem a estabelecer a análise comportamental de pessoas e a identificação de vulnerabilidades no ambiente de trabalho, visando a prevenção e a implementação de ações responsivas diante de incidentes policiais em estabelecimentos de ensino.
A abertura do evento foi realizada pelo Subcomandante do 38º BPM/I, Major PM Jefferson, e a palestra foi desenvolvida pelo Capitão PM Veiga, do 38º BPM/I, e pelo Cabo PM Abimael, do Corpo de Bombeiros.
A atividade desenvolvida será estendida às escolas municipais, particulares e também aos estabelecimentos de ensino superior de toda região de São Carlos, como medida preventiva de preservação da vida e da ordem pública.

0
0
0
s2sdefault