No último dia 31 de outubro, os alunos da Escola Estadual Dr. Djalma Forjaz visitaram o Museu Afro-Brasil, localizado no Parque Ibirapuera e o DEOPS – Departamento de Ordem Política e Social, ambos em São Paulo.
Lá participaram intensamente das atividades propostas pelos monitores, ampliando o conhecimento e sendo multiplicadores das ações, com o objetivo de melhorar o ambiente escolar, onde os alunos, como protagonistas, atuam contra o preconceito e a importância do resgate dos valores étnicos, morais e sociais, contribuindo para uma cidadania consciente e participativa.

Antes da expedição, os alunos das 1ª séries, elaboraram projetos pertinentes aos conflitos sociais, que vivenciaram no ambiente escolar e isto contribuiu para a ampliação do conhecimento sobre a importância da cultura africana na formação da cultura brasileira. Os temas foram aprofundados durante a visita ao museu, servindo como oportunidade de reflexão, pois os conflitos étnico-raciais surgem em função da desinformação, da desvalorização e da falta de conhecimento sobre a contribuição desta cultura para nós, brasileiros.
A 1ª série B realizou um projeto sobre o preconceito étnico e a 1ª série A sobre a Ditadura no Brasil e as suas consequências. A partir de estudos e pesquisas realizadas pelos alunos, houve uma ampliação de conhecimentos sobre os temas e momentos de reflexão, através da realização de cafés filosóficos, onde puderam compartilhar e discutir as ideias e os objetivos dos projetos. Também realizaram trabalhos redigidos, cartazes, pinturas e esculturas relacionados a cultura afro e os embates da ditadura no Brasil.
Esses projetos surgiram a partir de conflitos internos nas aulas de Projeto de Vida, tendo os alunos como protagonistas em busca de amenizar os problemas eminentes, melhorando o ambiente escolar.

0
0
0
s2sdefault