A Seção de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Porto Ferreira confirmou um caso de sarampo nesta terça-feira (03/09) numa criança de 9 meses de idade, do sexo masculino, a qual não era vacinada devido à idade.

A criança está bem e em acompanhamento pediátrico. A Vigilância aguarda ainda o resultado de mais seis casos suspeitos da doença que foram notificados no município.
Perante aos casos suspeitos, foram realizados bloqueios vacinais e intensificação da vacina SCR (sarampo, caxumba e rubéola).
O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral e o contágio ocorre por meio de secreções respiratória, transmitida através da fala, tosse e espirro do indivíduo infectado.
Os sintomas são: febre alta; exantema pelo corpo (manchas vermelhas), que na maioria das vezes se inicia pelo rosto; coriza (nariz escorrendo); tosse; conjuntivite não purulenta; manchas de Koplik (pequenas manchas brancas na boca).
A única prevenção é com a vacinação, a vacina SCR em crianças que, neste momento, devido ao cenário epidemiológico de sarampo, o Ministério da Saúde incluiu a vacinação para crianças a partir de 6 meses completos a 11 meses, devendo essas crianças serem revacinadas com 1 ano de vida.
Apresentando sintomas, procure uma Unidade de Saúde o mais rápido possível.
Esquema de vacinação:
• Até 29 anos: tem que ter 2 doses de vacina comprovadas em carteirinha;
• 30 a 59 anos: tem que ter 1 dose da vacina;
• Profissionais da Saúde: 2 doses, independentemente da idade.
• A partir de 60 anos não toma vacina.
• Importante a apresentação da carteirinha de vacina.
Essas informações podem ter alterações pelo Ministério da Saúde. Procure uma Unidade de Saúde para avaliação de sua carteirinha. Informações pelo telefone 3585-1634 (Unidade da Criança).
Cléber Fabbri – MTb 30.118 - Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

0
0
0
s2sdefault