Vamos começar falando de rock internacional...Acredito que existam muitas bandas de qualidade hoje em dia, que ainda primam pelo som pesado, com guitarras gritando, e com aquela cozinha “responsa”, que para o rocker tradicional, é o que vale, é o que interessa.

Já não estamos mais no tempo dos “guitar heroes”, não se fabricam mais Hendrix, Pages, entre outros, e isso não quer dizer que eles não existam, mas apenas, que a visibilidade mudou, por conta de internet e outras coisas mais. O mundo mudou. Mas ainda assim, existe muita produção, e da boa.
A primeira banda que quero mencionar, que está com tudo, é o Greta Van Fleet. Que pegada. Impossível não comparar ao Led Zeppelin...baixo, guitarra e bateria comendo soltos, e uma voz deslumbrante, passeando por cima daquilo tudo. Fantástico. Vale muito a pena conhecer. Uma galera nova, que veio para provar que o rock não morreu. “Rock is alive and well”.
A gravação e mixagem deles também remete muito aos anos 70, aquele som de power trio vigoroso, com uma performance vocal de cair o queixo. Além disso, pode-se dizer que é uma banda familiar, pois três dos quatro integrantes são irmãos.
Outra banda, que merece todo respeito e atenção é a Tedeschi Trucks Band, que já esteve aqui no país inclusive.
Liderada pela guitarrista e vocalista Susan Tedeschi e seu marido, Derek Trucks, a banda apresenta canções em uma mescla de blues, soul music, rock, e soa muita afinada. Derek, dispensa apresentações, pois desde muito jovem mostra toda sua habilidade no slide, num som único, diferente de todos os outros guitarristas, com passagem grandiosa por uma grande banda americana, nada mais, nada menos do que “The Allman Brothers” . É algo com um quê de maravilhoso vê-lo e ouví-lo tocar.
Aqui no Brasil, a coisa funciona um pouco diferente, a mídia não ajuda tanto assim, e o que aparece para o público, sem ofensas, todos nós conhecemos, está por todos os lados.
Mas, deixando as rusgas de lado, vou falar de uma banda bacana, chamada Cracker Blues.
Formada em 2000, mostra o que há de melhor, quando se fala de blues...os caras fazem uma mistura bacana de Southern rock, com blues e folk, guitarras de extrema responsabilidade. Vale muito a pena conferir.
Quero aproveitar esse espaço e falar um pouco do meu disco, lançado em 2018 e intitulado “Último Adeus”. É um álbum que tem muito de blues e rock n roll, e as letras passeiam por coisas do dia a dia, do cotidiano, algumas delas românticas tambem, tudo dentro de uma pegada “bluesy” e rock. São dez faixas. Você pode ouvi-las facilmente em todas as plataformas digitais, como por exemplo , o “Spotify”, mas com certeza vai achar tudo sobre o álbum visitando o site www.ricardodezotti.com.br. Clica lá!!!
Vou ficando por aqui.
Nos vemos na próxima!!!!

Ricardo Dezotti, guitarrista e compositor

0
0
0
s2sdefault