O município de Porto Ferreira manteve o viés de alta na criação de empregos em 2019, verificado desde o início do ano, com o anúncio das vagas criadas em abril, num total de 166. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, e foram divulgadas no final de maio.

Apesar do número positivo, o ritmo de criação de vagas caiu. Isto porque no primeiro trimestre foram criadas 702 vagas, sendo que apenas no mês de março foram 394 novos postos de trabalho com carteira assinada. Portanto, o primeiro quadrimestre apresentou um total de 864 novas vagas de emprego, um resultado muito bom se comparado com os números de anos anteriores.
O setor da agropecuária, assim como em março, foi o grande responsável pela criação de vagas em abril, com a abertura de 79 postos de trabalho. Na sequência vêm o setor de serviços (59), a indústria (30) e a administração pública (5).
O destaque negativo ficou mais uma vez com o comércio, que fechou 8 vagas. A área de construção civil manteve-se estável na relação entre demissões e admissões.
Em 2018, o município ferreirense registrou um saldo positivo entre demissões e admissões pela primeira vez desde 2014. No município, são 3.420 estabelecimentos que empregam um total de 14,3 mil pessoas com carteira assinada.

0
0
0
s2sdefault