No último dia 2 de janeiro Porto Ferreira perdeu uma de suas mais antigas educadoras, a professora Therezinha Lygia Bevilacqua Borelli, aos 89 anos de idade. Ela deixa o marido, Walter José Borelli, de 92 anos, os filhos José Luiz, Walter Júnior e Ricardo, noras e netos.

A professora Lygia Borelli nasceu em Santa Rita do Passa Quatro, em 28 de setembro de 1929, filha de Luiz Bevilacqua e Maria Zaniratto Bevilacqua, sendo a segunda filha de uma família de seis irmãos.
Iniciou seus estudos primários no Colégio de Freiras São José e terminou-os no Grupo Escolar Francisco Ribeiro. O ginasial cursou na escola Nelson Fernandes e formou-se na Escola Normal de Santa Rita, em 1948.
Em 1954, fez um ano de aperfeiçoamento no Instituto de Educação de Pirassununga.
Ingressou no magistério em 1955 no Grupo Escolar Professor Otílio de Oliveira, em São Bernardo do Campo. Em 1959 foi transferida, por permuta, para o então Grupo Escolar Sud Mennucci, de Porto Ferreira.
No ano de 1972 formou-se pela Faculdade de Pedagogia de São José do Rio Pardo.
Em 1977 foi substituir o assistente de diretor da então EEPG Professora Pedrina Pires Zadra, na Vila Sybilla.
No Sud Mennucci, também substituiu a direção em 1979 e o assistente de diretor, em 1981, aposentando-se em 22 de julho de 1983.
O Jornal do Porto se solidariza com a família enlutada nesse momento de dor irreparável.

0
0
0
s2sdefault