O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou esta semana dados sobre a estimativa populacional dos 5.570 municípios brasileiros. A taxa média de crescimento populacional no Brasil foi de 0,82% entre 2017 e 2018.
Porto Ferreira teve crescimento de 0,64%, ficando, portanto, abaixo da média. De acordo com o IBGE, o município ferreirense conta em 2018 com 55.787 habitantes, o que o coloca em 10º lugar no ranking de cidades mais populosas entre 42 da região. A liderança é de São Carlos (veja quadro).

Neste levantamento com essas 42 cidades, 31 tiveram crescimento populacional, uma ficou estável e 10 tiveram queda. A região tem cinco municípios com mais de 100 mil habitantes (São Carlos, Araraquara, Rio Claro, Araras e Leme) e nove municípios com menos de 10 mil habitantes. O menor município é Trabiju, com apenas 1.709 habitantes.
Brasil – Estima-se que o Brasil tenha 208,5 milhões de habitantes. Pouco mais da metade da população brasileira (57,0% ou 118,9 milhões de habitantes) vive em apenas 5,7% dos municípios (317), que são aqueles com mais de 100 mil habitantes.
Os municípios com mais de 500 mil habitantes (46) concentram 31,2% da população do país (64,9 milhões de habitantes). Por outro lado, a maior parte dos municípios brasileiros (68,4%) possui até 20 mil habitantes e abriga apenas 15,4% da população do país (32,1 milhões de habitantes).
O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,2 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,7 milhões de habitantes), Brasília e Salvador (cerca de 3,0 milhões de habitantes cada).
O município com menor população do Brasil é Serra da Saudade, em Minas Gerais com 786 habitantes.
No ranking dos estados, os três mais populosos estão na região Sudeste, enquanto os cinco menos populosos estão na região Norte. O líder é São Paulo, com 45,5 milhões de habitantes, concentrando 21,8% da população do país. Roraima é o estado menos populoso, com 576,6 mil habitantes (0,3% da população total).

Ranking populacional da região

Município

Nº habitantes (2018)

Alteração populacional (em relação a 2017)

1º São Carlos

249.415

1,35%

2º Araraquara

233.744

1,28%

3º Rio Claro

204.797

0,91%

4º Araras

132.934

1,26%

5º Leme

102.412

1,21%

6º São João da Boa Vista

90.637

0,61%

7º Matão

82.702

0,47%

8º Pirassununga

75.930

0,60%

9º Mococa

68.788

-0,30%

10º Porto Ferreira

55.787

0,64%

11º São José do Rio Pardo

54.763

0,05%

12º Vargem Grande do Sul

42.573

0,62%

13º Américo Brasiliense

39.962

1,97%

14º Aguaí

35.954

1,25%

15º Ibaté

34.726

1,46%

16º Santa Cruz das Palmeiras

33.975

1,55%

17º Descalvado

33.520

0,52%

18º Casa Branca

30.237

0,31%

19º Conchal

27.820

0,96%

20º Santa Rita do Passa Quatro

27.514

-0,27%

21º Santa Gertrudes

26.403

2,99%

22º Brotas

24.163

1,28%

23º Tambaú

23.182

-036%

24º Caconde

18.961

-0,34%

25º Itirapina

17.922

1,90%

26º Boa Esperança do Sul

14.824

0,65%

27º Ribeirão Bonito

13.137

0,59%

28º Tapiratiba

12.970

-0,70%

29º São Sebastião da Grama

12.205

-0,91%

30º Divinolândia

11.208

-1,54%

31º Nova Europa

11.013

2,40%

32º Rincão

10.786

-0,34%

33º Dourado

8.868

-0,46%

34º Santa Lúcia

8.779

0,24%

35º Águas da Prata

8.137

1,53%

36º Itobi

7.830

-0,29%

37º Analândia

4.933

1,81%

38º Gavião Peixoto

4.762

0,48%

39º Motuca

4.720

0,95%

40º Santa Cruz da Conceição

4.461

1,18%

41º Corumbataí

4.047

-0,17%

42º Trabiju

1.709

1,06%

0
0
0
s2sdefault