De forma surpreendente e impecável, Meia Boca Jr. fez 6 a 3 no melhor time da fase classificatória
Não é à toa que o futebol é um esporte de paixão nacional. Um esporte onde nem sempre o melhor vence. A vitória depende de vários fatores e não só de um ou outro jogador.
E o que vimos na final da 2ª. Champions Chácara League foi justamente um time que havia vencido todos os seus jogos na fase classificatória, que até então possuía três jogadores como artilheiros do campeonato, e ainda, melhor goleiro. Nas apostas para o jogo final, os Flutuadores era cotado em 9 para cada 10 apostas.

Durante a semana no pré-jogo, Paulinho Baiacú dos Flutuadores chegou a dar a seguinte declaração: “Sábado vamos desfilar de caminhão de bombeiro comemorando o título”. Justo ele que falhou em 3 gols. Realmente o Baiacú morreu pela boca. Beto Fenômeno Pirulito jogou no sacrifício e não rendeu como nos jogos classificatórios. Mas a grande queda de rendimento sem dúvidas foi de Willian Guerreiro. Tido como melhor jogador da rodada de domingo retrasado, sentiu o calor e a pressão da torcida. Sucumbiu para um time adversário cheio de guerreiros, roubando-lhe o apelido ganho pela sua dedicação e obediência tática.
Para um grande público, a equipe Meia Boca Jr. surpreendeu pela garra e abriu o placar com Edison e ampliou em seguida com Jacaré, 2 a 0 logo no início.
Este começo avassalador já dava indícios de que os deuses do futebol haviam sacramentado para qual lado o sol iria iluminar e brilhar. Mesmo sem Rafael He Man vetado pela esposa, ops, departamento médico com lesão na coxa e Bi que saiu lesionado após oito minutos jogados, a equipe enfrentou o adversário e o calor sem reservas, já que apenas dois jogadores são suplentes por cada equipe.
A soberba e o peso da obrigação da vitória pesaram e os Flutuadores não foram mortais como no domingo anterior. Acertaram 3 vezes a trave, mas as duras penas conseguiram diminuir com belo gol de Ferronato. Já era um prenúncio de sorte de campeão para o Meia Boca Jrs? Ao final, tivemos a certeza que sim, pois estes lances foram capitais para o resultado.
Para abrilhantar ainda mais a atuação da equipe Meia Boca Jrs., eis que surge um protagonista improvável: Cassio Meteoro. Assim como a vitória do seu time, seu destaque improvável só poderia ter vindo como um meteoro, rápido e incandescente rumo ao gol adversário. Marcou por duas vezes. Para fechar os gols, marcaram a favor do Meia Boca Jr.: Jacaré e Edison. Os gols da equipe dos Flutuadores foram marcados por Ferronato (que terminou como artilheiro do campeonato com 6 gols) e Igor.
Meia Boca Jrs. – Cesar (goleiro menos vazado), Cassio, Jacaré, Bi, Molinha, Gelinho, Rafael e Edison.
Flutuadores – Sétimo, Willian, Beto Pirulito, Ferronato, Igor, Paulinho Baiacú, Tadsio e Fio.
Disputa 3º. Lugar – No jogo preliminar da final, a equipe dos Imortais venceu por 9 a 8 a equipe dos Sem Regionais (que jogava pelo empate). Assim como na fase classificatória, as duas equipes com o mesmo nível de futebol e de atletas, proporcionaram um jogo aberto e cheio de gols. Destaque para Nego “o pequeno gigante” e Beto “artilheiro da alegria” que fizeram juntos 4 e 3 gols respectivamente. Ailson fez os outros dois gols para os Imortais. Marcaram para Sem Regionais: Roberto “Seu Boneco” (3), André (2), Dú Kibe, Pé de Couve e Celso ex boto.
O jogador destaque do campeonato foi Prof. Ruiz, no auge dos seus 66 anos, contribuiu para a vitória do seu time Imortais mesmo sob um sol escaldante e castigante.
Esta edição, o homenageado foi o trabalhador ferreirense Aldo Rocha Cupido, que faleceu em 1984, mas que durante a sua vida lutou pelos direitos dos trabalhadores através de associações sindicais, principalmente na época da ditadura militar. Torcedor do Santos, sua esposa D. Ruth e filhos demonstraram grande emoção com a homenagem 34 anos após o seu falecimento.
A organização agradece aos apoiadores e patrocinadores: Ortiz Imóveis, Portolab, Gatto Sports, Porto Frios, Freedom Bike, Nego Vidros, Ruiz Consultoria Empresarial, Beth Tintas, Vereador Prof. Sergio, Odontodoc e Jornal do Porto.

0
0
0
s2sdefault