O prefeito Rômulo Rippa anunciou nesta segunda-feira (30/10) que o Jardim Sérgio Dornelles de Carvalho vai receber obras de drenagem de águas pluviais com recomposição asfáltica com recursos do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos).

As obras têm o objetivo de minimizar inundações e alagamentos e terão um valor total de R$ 236,7 mil, sendo que R$ 210,7 mil serão recursos do Fehidro a fundo perdido, e o restante como contrapartida da Prefeitura.
O projeto foi apresentado pela Secretaria de Infraestrutura, Obras e Meio Ambiente da Prefeitura ao Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Mogi Guaçu (CBH-Mogi), responsável por fazer o encaminhamento ao Fehidro.
Importante ressaltar que este ano o município de Porto Ferreira voltou a fazer parte do quadro diretivo do CBH-Mogi, tendo o prefeito Rômulo Rippa sido eleito como um dos 14 membros efetivos do comitê.
A equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura realizou diversos estudos e participou do edital de distribuição dos recursos com um projeto técnico que, após ser analisado pelas diversas câmaras técnicas do CBH-Mogi, obteve a maior nota entre os projetos que concorriam.
“A liberação desse recurso é uma conquista importante para Porto Ferreira continuar investindo na infraestrutura de seus bairros e assim melhorar a qualidade de vida da população”, disse o prefeito Rômulo Rippa, que também cumprimentou a equipe pelo desenvolvimento dos projetos apresentados ao CBH-Mogi.
O que é
Instalado em 4 de junho de 1996, o CBH-Mogi, Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos nº 09, é integrado por 43 municípios, sendo 38 com sede urbana na área de drenagem (15.000 m²). A população local é de 1,5 milhão de habitantes. Seus principais rios são o Mogi Guaçu, rio do Peixe e rio Jaguari-Mirim.
A bacia é classificada como industrial. Destaque para agroindústria, óleos vegetais e bebidas, frigoríficos e indústria de papel e celulose. No turismo, predominam seis estâncias hidrominerais. A região apresenta 10,5% de cobertura vegetal.
Nas reuniões do comitê são avaliados os projetos da área de recursos hídricos dos municípios que são apresentados ao Governo do Estado para receber verbas do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos). Estes projetos contemplam muitas vezes obras de saneamento e preservação do meio ambiente.
Fonte: Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos PMPF

0
0
0
s2sdefault