Na última sexta-feira (08/03) o prefeito Rômulo Rippa anunciou a compra de R$ 100 mil em medicamentos para a Farmácia Municipal. Os recursos são oriundos de uma emenda apresentada ao Orçamento Municipal ainda em 2018 pelo vereador Renato Rosa (PRP).
O prefeito, juntamente com a secretária de Saúde, Vera Visolli, e o vereador, que é servidor público municipal, esteve na Farmácia Municipal para verificar a entrega dos medicamentos.

“Estamos com muitos atrasos para receber os medicamentos produzidos pela Furp (Fundação para o Remédio Popular), do Governo do Estado. Portanto, os recursos dessa emenda do vereador Renato Rosa vieram em boa hora”, explicou Rômulo Rippa.
Atrasos
A Coordenadoria de Assistência Farmacêutica da Secretaria Estadual de Saúde encaminhou a todas as Secretarias municipais um informativo com os principais problemas de abastecimento na rede e respectivas ações realizadas ou recomendadas para regularização do problema.
O Estado, inclusive, orientou os municípios a divulgar as informações para que possam prestar orientações aos pacientes quanto aos problemas existentes e opções terapêuticas disponíveis.
De acordo com o informativo, os motivos da falta de medicamentos são vários. Desde fracasso nos pregões para compra, atrasos na entrega pelo Ministério da Saúde, recebimentos parciais, em processo de importação de matéria-prima, até atrasos de fornecedores etc.
Ainda no informativo são listados 60 medicamentos em falta. O Diazepam, por exemplo, indicado para alívio sintomático da ansiedade, tensão e outras queixas somáticas ou psicológicas associadas com a síndrome da ansiedade, tem previsão de entrega somente a partir de julho, uma vez que a Furp aguarda a entrega de matéria-prima pelo fornecedor.
Da lista dos 60 medicamentos, nove deles estão em falta em 100% das unidades de Saúde, ou seja, desabastecimento total no Estado.
Fonte: Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos - Prefeitura de Porto Ferreira

0
0
0
s2sdefault

Jornal do Porto TV