A Secretaria de Gestão da Prefeitura de Porto Ferreira apresentou esta semana um balanço sobre as ações realizadas pela pasta na atual Administração Municipal. Um dos destaques é quanto aos contratos de aluguéis de imóveis para abrigar repartições públicas.
Segundo o levantamento, em 2016 o município tinha 27 contratos de aluguel, número este que caiu para apenas 14 em 2018. Ou seja, praticamente a metade.
Os dados mostram também que de 2017 para 2018 houve uma economia de R$ 120,6 mil com aluguéis, valor suficiente, por exemplo, para aquisição de uma van de transporte de passageiros. As despesas caíram de R$ 753,4 mil para R$ 632,7 mil, uma diminuição de 16%.

Um dos principais fatores que permitiram esta redução no número de contratos foi a aquisição, pela Prefeitura, do prédio da rua Coronel Procópio de Carvalho, no Centro, que já abrigou a agência da Caixa Econômica Federal, em frente à escola Sud Mennucci.
Hoje, o prédio é sede da própria Secretaria de Gestão e suas divisões, como os setores de licitação, compras e, em breve, recursos humanos, o que vai eliminar mais um contrato de aluguel.
Desde junho do ano passado, quando foi autorizada a compra pela Câmara Municipal,  foram pagos R$ 181 mil em parcelas referentes à aquisição deste imóvel. “A diferença é simples. Antes, pagávamos aluguéis para terceiros e, agora, estamos investindo num bem imóvel próprio, ou seja, no patrimônio da Prefeitura”, disse o prefeito Rômulo Rippa.
Fonte: Prefeitura de Porto Ferreira - Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

0
0
0
s2sdefault

Jornal do Porto TV