As obras foram necessárias para a segurança e qualidade de vida dos moradores da região. Foram construídos sarjetões, galerias de águas pluviais e foi feita a reconstituição do pavimento asfáltico.

Devido ao aclive do bairro, a região recebe na época de chuva uma grande quantidade de água e fortes enxurradas, o que, com o tempo, foi provocando danos no asfalto e no passeio público, além de invadir residências. Esta situação existe desde a criação dos bairros, há mais de 20 anos.
“Em cerca de um mês trabalhamos para resolver, com muito planejamento, um problema de décadas. Como disse anteriormente, aos poucos vamos colocando o cotidiano da cidade em ordem para atender ao cidadão de forma mais adequada”, comentou Rômulo Rippa.
Fonte: Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos

0
0
0
s2sdefault