O último mês de agosto choveu 81,5 milímetros em Porto Ferreira, sendo o segundo mais chuvoso conforme histórico de dados da Defesa Civil, cujos registros começaram em 1991. As chuvas ficaram concentradas nos primeiros dez dias do mês.
Antes disso, o ano mais chuvoso no mês de agosto foi 2009, quando foram registrados 136,2 mm. Também naquele ano ocorreu o maior índice de chuvas do histórico, com 1.858,2 mm.

O aumento das chuvas trouxe como dado positivo a diminuição dos registros de queimadas, muito comuns nesta época do ano, de ventos fortes e tempo seco. A umidade relativa do ar melhorou bastante. Um fator muito importante para a relação entre vida e meio ambiente.
O nível do rio Moji-Guaçu também teve um aumento significativo, chegando em 1,47 metro no dia 7 de agosto, considerado ótimo para período, que geralmente varia entre 0,60 e 1,00 m, conforme média de anos anteriores.
Em relatório mensal de atividades, a Defesa Civil informou também a realização de nove cursos/oficinas/reuniões, 65 serviços prestados à comunidade (vistorias, atendimentos, informações etc.), quatro serviços emergenciais (interdições, retirada e poda de árvores etc.) e 16 ocorrências de apoio a outras entidades (Bombeiros, GCM, PM).
Fonte: Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos - Prefeitura de Porto Ferreira

0
0
0
s2sdefault

Jornal do Porto TV