Em evento nesta terça-feira (03/07), no Palácio dos Bandeirantes, o prefeito Rômulo Rippa assinou junto ao governador Márcio França o convênio para a implantação do polo da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) em Porto Ferreira.
Na ocasião, outros 229 municípios também assinaram o convênio da única universidade à distância 100% pública do país. Além do governador, também presentes a presidente da Univesp, Fernanda Gouveia, e outras autoridades. Pelo município também estiveram presentes as secretárias Maria Lucia Baltieri (Desenvolvimento Econômico e Turismo), Cláudia Regina Lopes Aguiar (Educação) e o chefe da Divisão de Desenvolvimento e Inovação, Ricardo Patroni.

A cerimônia contou ainda com a entrega do Selo Parceiro Univesp e apresentação do atual modelo pedagógico da instituição.
“É uma importante conquista para Porto Ferreira, que agora oferece mais esta oportunidade para aqueles que desejam cursar uma graduação com excelente nível de aprendizado e, o que é melhor, totalmente gratuita”, disse Rômulo Rippa.
Porto Ferreira
Esta semana a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo divulgou o número de inscritos efetivados para o vestibular da Univesp em Porto Ferreira, que terá 50 vagas em cada curso oferecido.
Os números são:
• Engenharia de Produção: 61 inscritos.
• Tecnologia em Gestão Pública: 93 inscritos.
• Pedagogia: 89 inscritos.
• Licenciatura em Matemática: 34 inscritos.
As provas acontecem neste domingo (08/07).
Expansão
Com a expansão, em 12 meses a universidade ofereceu mais de 55 mil vagas em três vestibulares e passou de 45 para 330 pontos com presença em 290 cidades – mais de 44% do território paulista. “A expansão garante a inclusão e a universalização do ensino superior no Estado. Em meses, saltamos de 3 mil alunos para mais de 55 mil vagas ofertadas”, disse Márcio França.
De acordo com o governador, a ampliação das vagas da Univesp representa o seu conceito de gerar oportunidade para milhares de jovens que saem do Ensino Médio, muitas vezes, sem perspectivas, cursarem graduação gratuitamente, no padrão das melhores universidades do país.
Na Univesp, o aluno aprende de forma ativa tanto no ambiente on-line como em encontros presenciais, nos polos. O conteúdo dos cursos é disponibilizado em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Trata-se de uma plataforma on-line, na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático e bibliotecas digitais e tirar dúvidas do conteúdo com mediadores.
Os polos são espaços físicos em que os alunos contam com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) e realizam atividades como provas e discussões em grupo. No local, também podem ser solicitados serviços da secretaria acadêmica, assim como esclarecimentos sobre o AVA. Por ser uma universidade pública, todas as videoaulas podem ser acessadas pelo canal de youtube: https://www.youtube.com/user/univesptv.
Supervisores e mediadores – novo modelo pedagógico
Em junho de 2018, a universidade deu início à implantação do novo modelo pedagógico, com a abertura do processo de seleção para a contratação de 1.100 mediadores presenciais e 94 supervisores. De acordo com a presidente da universidade, a presença do mediador nos polos garante a excelência na qualidade de aprendizagem.
“Além do apoio virtual e dos supervisores, teremos o profissional no polo para auxiliar os estudantes. Acredito que dessa forma, a assistência ao aluno é ainda mais eficaz e garante a interface com os municípios parceiros”, explica o governador.
Os supervisores serão responsáveis pelo acompanhamento e monitoramento dos cursos de graduação da Univesp. As atribuições serão realizadas em 40 horas semanais. O profissional acompanhará as atividades discentes virtuais conforme cronograma do curso, orientará os mediadores de ensino nas publicações nos fóruns e em diversas atividades, entre elas, nas iniciativas presenciais com os alunos, no plano de estágio e Projeto Integrador.
Já o mediador presencial também deverá dispor de 40 horas semanais e realizar a interlocução e a comunicação dos conteúdos programáticos entre o autor da disciplina e os estudantes, acompanhar o desenvolvimento das atividades discentes presenciais e virtuais conforme cronograma, estabelecer contato permanente com os estudantes por meio da plataforma AVA e orientar grupos de forma presencial e online, no desenvolvimento de atividades acadêmicas avaliativas.
Selo Parceiro Univesp
O certificado é concedido às prefeituras, universidades, empresas e entidades que atuam em conjunto com a instituição para oferecer educação superior a distância de qualidade. O certificado comprova ações implementadas em parcerias ou por meio de convênios.
Sobre a Univesp
Criada em 2012, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo é uma instituição exclusivamente de educação a distância mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI). Entre seus principais parceiros, destacam-se o Centro Paula Souza (CPS), USP, Unesp e Unicamp.
Com o objetivo da universalização do ensino superior, em 2017, a nova gestão deu início ao plano de expansão. De 3 mil alunos passou para 35 mil estudantes no primeiro semestre de 2018. Com o novo vestibular (2º semestre de 2018), a Univesp já ofereceu mais de 55 mil vagas, distribuídas em 330 polos do Estado, para os cursos de Engenharia de Produção, de Computação, Licenciaturas de Biologia, Química, Física, Matemática e Pedagogia e o de Tecnologia em Gestão Pública.
Fonte: Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos - Prefeitura de Porto Ferreira

 

0
0
0
s2sdefault

Jornal do Porto TV