O 12º Festival Zé Carreiro de Música Sertaneja e Raiz teve início nesta quinta-feira (17/05) e vai até domingo, no Centro Cultural Fepasa.
Na manhã de segunda feira (14) o prefeito Rômulo Rippa deu entrevista para Bruno H. Serafim, estagiário da Secretaria de Cultura, sobre o evento.

Ele falou sobre a importância do festival para promover a música sertaneja de raiz. Segue a entrevista na íntegra:
Pergunta: Prefeito, por que o Festival Zé Carreiro é um dos maiores festivais de moda de viola da região?
Rômulo Rippa: Por conta da tradição que o festival conseguiu nos últimos anos e o quanto nós temos investimos nessa administração na divulgação e na implementação dele como festival regional. São diversas duplas e compositores que são de fora da nossa cidade e vêm participar, reconhecendo o Zé Carreiro como uma grande premiação da música raiz.
Pergunta: O que é o Festival Zé Carreiro?
Rômulo Rippa: É a oportunidade de os compositores e amantes da música sertaneja de raiz têm de fazer exposição de suas obras e até mesmo premiá-las. O Zé Carreiro, como um grande cantor da música sertaneja, ele teve a passagem em grande parte da sua vida aqui na nossa cidade. Então, de forma a homenagear, o festival leva seu nome.
Pergunta: Quais serão as atrações do Festival Zé Carreiro deste ano?
Rômulo Rippa: No primeiro dia, a abertura que será na quinta-feira, depois da competição nós teremos a apresentação dos violeiros Humberto Viola & Luís Fernando. No segundo dia, na sexta feira, os tradicionais Joaquim & Manoel, que ficaram famosos ao lançar o grande hino da música sertaneja “Boate Azul”. No sábado, nós teremos a participação especial de As Galvão, as já conhecidas irmãs Galvão, agora com novo nome artístico As Galvão. E no domingo, após a premiação, teremos um almoço oferecido pelas entidades assistenciais do município, que vão estar comercializando o almoço, e teremos o Rancho da Prata durante toda a tarde, começando com Carreiro & Capataz, As Marcianas, Régis & Raí, Fernando & Franco e várias outras atrações.
Pergunta: E quais serão as premiações?
Rômulo Rippa: Serão R$ 5,7 mil em prêmios, além de vários outros brindes como violas, equipamentos de som, instrumentos musicais que serão disponibilizados aos vencedores.
Pergunta: Fale sobre as exposições.
Rômulo Rippa: Nós temos já uma tradicional exposição sobre a vida do artista Zé Carreiro e este ano também convidamos empresas que comercializam produtos, como instrumentos musicais, dentro do estilo sertanejo de raiz, para exporem seus produtos durante o evento.
Veja a seguir as músicas classificadas para as eliminatórias:

1ª eliminatória – Sexta (18/05)
“Caipira da Roça” - João Vitor
“Pra Te Ver no Céu” - Paulo Sérgio e Adriano
“Querida Infância” - Doraí
“Da Minha Vida Cuido Eu” - Leonardo e Renan
“Velha Colônia” - Gilbero e Angelito
“Caboclo do Mato” - Miro e Paranaense
“Chapa Quente” - Fernando Henrique e Gabriele
“Vida de Caboclo” - Fernando Henrique e Gabriele
“A Batida da Porteira” – Tangará e Caboclinho
“Cidadão Caipira” - Ronaldo e Vera
“Livro de História” - Paraná e Paranaíta
“Traços de uma Lida” - Célio e Leandro
2ª eliminatória – Sábado (19/05)
“Viola e Cantoria” - Tião do Vale e Zé Amaral
“Sonhando Com Meu Sertão” - Irmãos Ouro Verde
“Simples Riqueza” - Tião Gonçalo e Ricardinho - Simples riqueza

“Majestade o Violão” - Rony e Marcelo
“Estou Voltando” - Marquinho Lamas
“Bola e Viola” - Paulo Sergio e Adriano
“Caboclo da Cidade” - Diego Lima e Larissa Pedrosa
“Vida de Carreiro” - Tião do Vale e Zé Amaral
“Romaria dos Canoeiros” - Tangará e Caboclinho
“Alegria de Carreiro” - Nelo e Djalma
“Quatro Estações” - Tião Gonçalo e Ricardinho
Fonte: Assessoria de Comunicação, Cerimonial e Eventos - Prefeitura de Porto Ferreira

0
0
0
s2sdefault

Jornal do Porto TV