A partir de 2018, proprietários de veículos automotores não receberão mais o aviso de vencimento do IPVA enviado pela Secretaria da Fazenda. Embora não seja um boleto, o comunicado trazia o valor do tributo, bem como a data de vencimento e as condições de pagamento (parcelamento). Também informava os valores de licenciamento e de seguro obrigatório.

Segundo a pasta, a partir de agora, o valor do imposto só poderá ser consultado através da rede bancária ou diretamente no endereço www.valoripva2018.fazenda.sp.gov.br.
A decisão de não enviar mais o documento pelos Correios já havia sido anunciada no último ano. Com a medida, o governo espera economizar cerca de R$ 4 milhões por ano. Além disso, com o término do envio, o Governo de São Paulo espera acabar de vez com as confusões causadas pelo golpe de boleto do IPVA.
Além de eliminar o risco de extravio de correspondências e contribuir com as boas práticas de sustentabilidade, ao tornar as informações sobre o IPVA disponíveis em ambiente digital, a Secretaria da Fazenda quer que o proprietário de veículos possa se informar e se programar para as datas de vencimento de imposto de uma forma simples, direta e acessível.
O imposto pode ser pago em cota única, no mês de janeiro, com desconto de 3%, ou parcelado em até três vezes. Quem quitar o imposto em fevereiro, perde o desconto.
Quem deixar de recolher o imposto fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Passados 60 dias, o percentual da multa fixa-se em 20% do valor do imposto.

0
0
0
s2sdefault